Alguns types do caderno não estão traduzido porque a CR não fez, assim como outros ela fez pela metade, o que também dificulta ainda mais a nossa vida.

Episódio 1:

O “livraria” na vedada é 古本屋, livraria de livros usados. Optei por não utlizar o termo “sebo”, já que em japonês eles falam o equivalente no inglês タロー (Tallow)

Nota 2: tanto a raw da CR, quanto da AT-X quanto da BS-11 tem censura em uma cena em específico, já o pre-air não, porém o pre-air não tem a op/ed. Optei pela raw da CR por não ter logo do canal.

pre-air | cr raw

Hitotosesou: no inglês Hitotose Manor, que significa “Uma grande casa de campo com terras”, e Manor traduzido para o japonês é  荘 “shou”, que pode ser vila, pousada, mansão, tudo relacionado a feudo. Pelo áudio, tenho 99% que ela fala “Sou” e não “Shou”, então optei em juntar as duas palavras, assim como em “Sakurasou”. Poderia ser traduzido como “Dormitório Hitotose”, porém não é apenas dormitório. É um termo chato de se adaptar, mas visto que atualmente universidades já não traduzem mais o “Gakuin” exemplo “Aoyama Gakuin University“, não é errado deixar o “Sou” como parte do nome.

“Clube suspenso”: no original 休部 , que é quando as atividades de um clube são suspensas ou quando alguém não participa das atividades, uma “suspensão” temporária. Sasuga CR colocou hiato.

Episódio 2:

Jizo: são estátuas budistas encontradas em beiras da estrada e cemitérios. Eles são os guardiões das crianças e protetores dos viajantes. E são encontrados frequentemente em grupos de seis.

Ooya-san: (大屋) No inglês foi traduzido como “Miss Landlady”, que seria “Senhora” – proprietária/dona de terras, porém ela fala com o sentido de “Dona” tanto do dormitório quanto da livraria. O termo proprietária acaba não se enquadrando bem devido a forma como ela fala, por isso optei por Dona no episódio um já que é referido a função dela. Nos demais, quando a Hina-chan fala, vou deixar Ooya-san pois ela se refere a ele como se esse fosse o nome dela, e não apenas o “cargo/função” dela.

Episódio 3:

O insulto da Yua é ちんちくりん, literalmente pequena/baixinha. No inglês traduzido como little shrimp. Porém o mesmo não faz sentido visto que a Hina é mais alto, então entendo como algo relacionado a importância. Logo depois ela usa だめだめちんちくりん, o だめ é uma negação, por ela ter reconhecido que foi pesado, optei por inútil, enquanto na CR ficou “Fail little shrimp”. E por fim, だめだめちんちくりんなこ, o なこ provavelmente é de な子. Todo o insulto anterior, mas em um nível infantil; “Criança”. Esse a CR simplesmente ignorou.

“De qualquer forma, os ursos da Montanha Nametoko são bem conhecidos.”  É uma citação do livro é uma citação do livro “なめとこ山の熊Nametoko yama no kuma” (Os Ursos da Montanha Nametoko), de Miyazawa Kenji. A CR, de forma inteligente, traduziu de forma literal e o trecho “Nametoko Bear Livers Here” (Ursos Nametoko vivem aqui) ficou “Bear’s gall, here” (Bile de Urso, aqui)

Não tem a tradução das notes que aparecem no episódio porque a CR simplesmente não fez e só consegui a tradução da primeira.

Episódio 6:

No type do clube de ciências:

“Mergulhador Cartesiano” experimento de René Descartes que demonstra o princípio da Princípio da flutuabilidade
“Hidroponia” técnica de cultivar plantas sem solo, onde as raizes recebem uma solução nutritiva balanceada que contém água e todos os nutrientes essenciais ao desenvolvimento da planta.

Na hidroponia as raízes podem estar suspensas em meio liquido (NFT) ou apoiadas em substrato inerte (areia lavada por exemplo).

Kushiyaki: carne grelhada e vegetais no espeto. Yakitori é uma derivação, mas com frango.

Tokoroten ( ところてん) é uma massa gelatinosa que é feita seno “espremida”.

Episódio 8: “Elohim essaim… Elohim essaim… Warewa motome uttaetari” é uma frase para invocar um demônio, que está presente no Black Magic books Eloim, Essaim, frugativi et appelavi (Hebreu)

Também é frase bem famosa devido ao anime Akuma-kun. “Eloim” e “Essaim” juntos seria algo como “Deus, ouça a minha prece” e “Warewa motome uttaetari” Eu imploro a você.

Mingau: no original お粥 (okayu), é dificl traduzir já que pode ser uma papa de arroz, similar a um mingau de arroz, assim como um arror cozido com água, mas diferente de canja. Também é conhecido pelo nome de Congee, que seria a versão chinês. É diferente do nosso mingau, mas pelas forma como é traduzido para o inglês, não deixa de ser um mingau, só que diferente do nosso, não é doce, e sim quase como uma refeição equivalente a nossa canja, mas sem a galinha e os legumes.

Umeboshi: Na maioria dos lugares vocês vão encontrar como ameixa em conserva ou ameixa seca, porém ela é originado da china e apesar de ser muito semelhante a ameixa, é parente do Damasco (by Wikipedia) também é usado como remédio para gripes e resfriados. Por ser conhecido mesmo aqui no Brasil pelo nome original, optei por não adaptar, diferente do okayu.

Episódio 9: Este jovem e promissor rapaz é Ninomiya Kinjirou.

O que importa nisso, significa que (muito provavelmente) o interior do interior que a Hina-chan vive fica na província de Kanagawa, Distrito de Ashigarakami. Literalmente no meio do nada, mas não tão distante da civilização se você for de trem.da.

Episódio 10:

Chuushingura (忠臣蔵) é a peça teatral mais famosa da história japonesa. Ela retrata a história dos 47 ronin e da morte de seu mestre, Asano Naganori.

A Christmas Carol é um livro da autoria de Charles Dickens. Com várias traduções em Português, sendo uma delas Um Conto de Natal, o livro foi escrito em menos de um mês originalmente para pagar dívidas, mas tornou-se um dos maiores clássicos natalinos de todos os tempos e uma das mais célebres obras de Dickens.

11:06 Ela segura um livro chamado Darakuron ou “Discurso sobre Decadência” de Ango Sakaguchi, que também é autor de UN-GO.

11:04 “As primeiras mordidas” no original つまみ食い , literalmente comer com as mãos.

Miko: uma sacerdotisa suplementar do templo (jinja – templo Xintoísta), vista também como uma espécie de xamã. Institucionalizado na cultura moderna como aquela destinada a cuidar das tarefas do dia a dia, fazer limpezas sagradas, e também a cargo da dança Kagura.

Kannushi (神主): literalmente “deus mestre”, muitas vezes chamado de shinshoku (神職) “empregado de deus”, é o responsável pela manutenção dos santuários Jinja Shinto (神社神道)

Episódio 12:

Shimokitazawa, a cidade do teatro, também chamada de Shimokita,  é conhecida como o bairro boêmio de Tóquio com muitas lojas vintage.

Se popularizou quando um antigo ator chamado Kazuo Honda passou a construir pequenos teatros como Honda Gekijou, The Suzunari e Theater 711 (Suzuran e 717 no anime), OFF OFF Theater e Ekimae Gekijou“Geki” Shougekijou, Shougekijou Rakuen,  e Shougekijou B1